Peças e Acessórios dos Anos 40 que São Tendências Até Hoje

dezembro 03, 2020
Já diria Pasteur que "nada se perde, tudo se transforma", e no Mundo da Moda não seria diferente. O vestuário é cíclico e estilos que fizeram sucesso outrara, podem voltar a qualquer instante. Confira uma lista com acessórios e elementos da Moda da década de 1940 que ainda podem ser observados nos dias de hoje.


Cropped Top

Talvez o maior legado dessa época para o vestuário seja os belíssimos cropped tops. Presente especialmente em trajes de primavera e verão, o top era indispensável no guarda-roupa feminino da época.

Foto: Reprodução. Na esquerda a atriz Lana Turner.

O racionamento de roupas, que prezava pela diminuição do consumo de tecidos, favoreceu a popularização de blusas que deixavam uma parte da barriga à mostra.

Foto: Reprodução. Exemplo de um Cropped inspirado nos anos 40.

Esses tops eram usados com shorts, saias e calças de cintura alta. As cores variavam bastante, mas era comum padronagens florais e listradas nas estações mais quentes do ano. Nós, botões e recortes também marcaram presença. 


Cintura Alta 

A cintura alta divide opiniões, bem como sua oposta, a cintura baixa. Desagradando ou não, ela é parte fundamental para uma construção correta da silhueta dos anos 40. 

Além de calças, shorts e saias, a cintura alta também apareceu em peças íntimas e em roupas de banho. 

Foto: Reprodução. Na esquerda, a atriz Ava Gardner. 

Hoje em dia, ao se referir à cintura alta em calcinhas e biquínis, muitos empregam o termo hot pant.

A cintura alta ajuda a alongar as pernas e não deforma o corpo.


Mangas Bufantes

Um outro elemento que divide opiniões é a manga bufante. Alguns acreditam ser fruto dos anos 80, e de fato, determinados modelos bebem da fonte dessa época, contudo, há um número considerável de ombros inspirados em 1940.

Foto: Reprodução. Na esquerda, um exemplo de blusa com manga inspirada na década de 40.

Algo importante a ser pontuado, é que as próprias mangas bufantes de 1980 foram inspiradas nos anos 40, bem como outras características do período.

Foto:  Reprodução. Modelo atual inspirado nos anos 1940.

Ombros largos foram predominantes do início ao fim da década de 1940, especialmente nos anos de guerra (1939-1945).


Conjuntinhos 

Usar um conjunto de saia e top combinado não é novidade, isso já existia em 1940, e era uma alternativa promissora para mulheres que não queriam viver apenas de vestidos, e sobretudo desejavam fazer economia de tecidos e aviamentos.

Foto: Reprodução. 

Assim como os tops, existia peças em uma gama de cores satisfatória, pelo menos no Estados Unidos, onde a falta de pigmentos não foi tão agressiva como na Inglaterra, por exemplo. Para ler mais sobre a moda estadunidense em 1940, clique aqui. 

 
Bolsas de Crochê e Tricô

O crochê é uma técnica mundialmente conhecida e bastante difundida no Brasil. Nos anos 40 substituiu o couro na fabricação de bolsas. 

Foto: Reprodução. Na esquerda, um exemplo moderno de bolsa de crochê.

Revistas femininas da época traziam diversas receitas de bolsas de mão com técnicas de tricô e crochê, que também apareciam em acessórios de cabeça.


Meia-calça Transparente

Ter uma meia-calça era objeto de desejo entre as mulheres de 1940. Os dois principais insumos para a sua produção: a seda e o nylon estavam em falta por causa da guerra, e alternativas tiveram de ser criadas.

Foto: Reprodução.

Para simular meias, algumas mulheres faziam uma risca atrás da perna. Há ainda quem passasse infusões de tons escurecidos na pele para emular o aspecto transparente da meia.

A DuPont, única fabricante de nylon do Estados Unidos ficou paralisada até 1947, deixando milhares de mulheres consternadas ao redor do mundo. 


Calça de Alfaiataria e Jeans

Apesar de ter entrado na vida das mulheres pra valer ainda nos anos 20, as calças só foram se tornar populares na década de 1940. Com a inserção de mulheres no mercado de trabalho, as que foram contratadas nas fábricas tiveram de usar uniformes como calças jeans e macacões.

Foto: Na primeira imagem, um catálogo de calças dos anos 40.

Atrizes e mulheres de classe média, por sua vez, preferiam as calças de tecidos mais nobres. Os modelos de 1940 eram justos e contavam com algumas pregas na parte superior.

Foto: Reprodução. Katherine já usava calças antes dos anos 40.

A estrela Katherine Hepburn, atriz de primeira grandeza, foi a principal responsável pela popularização das calças. A musa apareceu diversas vezes em seus filmes com a peça e também a usava fora das telas. 


Lenços e Turbantes 

Com o vestuário simples, as mulheres decidiram investir em acessórios de cabelo. A falta de shampoo, condicionadores e outros produtos de higiene básica, aliada ao fato de muitas mulheres serem obrigadas a prenderam seus cabelos ao irem trabalhar, tornaram os turbantes indispensáveis.

Foto: Na esquerda, a atriz Hedy Lamarr.

A ascensão da atriz e cantora Carmen Miranda em Hollywood, com seu estilo exótico e turbantes coloridos, elevaram o acessório ao status de fashion. Revistas femininas ensinavam as várias maneiras de amarrar um lenço.

Foto:  Reprodução. Carmen Miranda.

As americanas foram encorajadas pela atriz Veronica Lake a usar seus cabelos presos ao alto. Acontece que o cabelo de Veronica, longo e ondulado, foi um objeto de desejo entre diversas mulheres. Não demorou muito para que seu estilo fosse copiado nas ruas. O problema apareceu quando trabalhadoras da indústria se envolveram em acidentes em que suas madeixas ficaram enroscadas no maquinário. 

Foto: Reprodução. Veronica Lake. 

O governo americano decidiu intervir e pediu que a própria Veronica participasse de um vídeo em que incentivava o uso do cabelo amarrado.

Para ler mais sobre o cabelo de Veronica Lake, clique aqui.




Transparência

Tecidos transparentes, tais como a organza custaram muito durante os anos da Guerra, por isso estiveram em maior evidência na segunda metade da década de 40. Atrizes de Hollywood, no entanto, costumavam usar detalhes transparentes em seus trajes de gala, e em figurinos de cinema e teatro. A transparência também aparecia em pegnoiares e camisolas.

Foto: Reprodução. Na primeira imagem, a atriz Veronica Lake no filme Casei-me com Uma Feiticeira (1942).

Texto escrito por Gabriela Lira. Caso use algum material do blog como referência, por favor dê os créditos. Plágio é crime e está sujeito à pena!

Informação do curso aqui.




Fontes consultadas:

A Moda na Década de 1940, editora Publifolha, 2014 - Charlotte Fiell e Emanuelle Direx.

Fashions in The 1940s, Shire Publications, 2014 - Jayne Shrimpton.

Fashions Of a Decade: 1940, Facts on File, 1992 - Patricia Baker 


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.