Lucite Purse - As Bolsas de Plástico dos Anos 50

junho 03, 2017
Popular entre as pin-ups de fora do país, as Lucite Purse são bolsas coloridas, com formatos geométricos, e é icônico item que remete aos anos 50.

Conheça a história, os maiores designers e como combinar essas bolsas no seu dia a dia. Ao final do post terá também alguns sites onde encontrar bolsas originais e reproduções.

lucite purse history
Exemplo de Lucites Purse.

O que foi o Lucite?

Antes de tudo é preciso entender o que é Lucite.Tal nome nada mais é do que uma definição comercial para o termoplástico acrílico, que podia ser encontrado no mercado americano antigamente com os nomes de Perspex ou Plexiglas, mas todos dizem respeito ao material polimetil-metacrilato - PMMA, comercializado pela primeira vez no início dos anos 30.

Foto: Reprodução. Exemplo de transparência usada nas bolsas. 

Substituindo o Couro

Ao final dos anos 40 já haviam produções de acessórios e jóias em acrílico expressivas, contudo o material se tornaria popular mesmo na década de 1950, período de pós-guerra e com o couro (que antigamente era o favorito entre designers para confeccionar bolsas) em falta, pois fora utilizado para os fins do combate na década passada.

Foto: Reprodução.

E foi então, com a escassez do couro que o acrílico surgiu como substituto à altura, já que era um material resistente, versátil e com boa durabilidade.




"Como zíperes e couro ficaram escassos, pois a maior parte do estoque disponível foi dirigido ao esforço de guerra, os estilistas buscaram materiais alternativos para dar estrutura, como madeira e acrílico". [1] 

Além do Lucite, o baquelite e outros tipos de plásticos também foram usados na produção desse tipo de bolsa, mas o termo Lucite foi o mais empregado.



bolsa de acrílico
Charles Kahn e na segunda uma Wilardy.
Nova York e Miami foram as grandes expoentes das bolsas Lucite. Os formatos geralmente seguiam padrões geométricos, sendo o círculo, quadrado, triângulo e cilindro os favoritos pelo público.

Existe uma grande variação de cores nas bolsas e boa parte delas eram enfeitadas com flores, pedras, strass e outros ornamentos. As marcas principais foram Tyrolean, Wilardy, Patricia Of Miami, Rialto, Llewellyn, Gilli Originals, Maxim e Charles Kahn.

Foto: Reprodução.

Identificando as Marcas 

A identificação de bolsas Lucite nem sempre é uma tarefa fácil, pois muitas dessas bolsas devido ao tempo perderam o selo que menciona a sua procedência, no entanto
, com o selo sobrevivente de algumas e características estéticas de outras podemos identificar certas marcas.

Foto: Reprodução.

As bolsas Tyrolean, por exemplo, são quase sempre encontradas em cores escuras e sóbrias como o preto, caramelo, marrom, dourado e vinho, além disso elas são ornamentadas com relevo em forma de flores inspiradas na Art Nouveau.

1950s bag
 Bolsas da Tyrolean.
As Lucite Purse da Charles Kahn, por sua vez tem como características principais a tampa da bolsa com relevo, seja floral, quadriculado ou outra padronagem, e um fecho dourado bastante específico.

Já Patricia of Miami criou diversas bolsas Lucite transparentes, o que quebrou a regra de etiqueta da época em relação ao conteúdo da bolsa de cada mulher.

charles khan bag
Charles Khan.

Onde encontrar esse tipo de bolsa?

Hoje em dia podemos encontrar bolsas Lucite em brechós dos Estados Unidos e Europa e pelo e-bay, onde o preço nem sempre é o mais barato, com algumas bolsas originais chegando a ultrapassar os R$1000.00 reais quando convertidas para a nossa moeda.

Foto: Reprodução.

Uma opção mais barata são as bolsas inspiradas nas Lucite da marca Lola Von Rose. No site oficial da Lola uma bolsa custa U$64,00 dólares, em torno dos R$210,00 reais com a cotação atual.

pinup bags
Miss Hero Hollyday com bolsas da Lola Von Rose, via:@missherohollyday.
​​
Como mencionado acima, bolsas originais são caras e as reproduções também não são as mais baratas, porém vale o investimento caso você seja uma colecionadora de artigos vintages ou simplesmente tenha condições de comprar e queira ver de pertinho essas preciosidades. 

Caso use algum material do blog como referência, por favor dê os créditos.

Fonte:

[1] A Moda na Década de 1940, 2014, Publifolha - Emanuelle Direx e Charlotte Fiell.

Me siga no Instagram: @blondevennus 

11 comentários:

Thayse Stein disse...

Essa redondinha da primeira imagem lembra muito a que as irmãs Alcântara do Tudo Orna vendem, né? Bem legal saber das referências, da relação dos materiais com a época e dos modelos, amei o post <3


Beijos
Brilho de Aluguel

Lulu on the sky disse...

Olá Gabi,
Essas bolsas são tão fofas, parecem aquelas frasqueiras de viagem.
Big Beijos,
Lulu
BLOG | YOU TUBE

Bruna Morgan disse...

Eu acho lindo bolsas redondas, mas nunca encontro com preços acessíveis huahua :c

Com amor,
Bruna Morgan

Carol Daixum disse...

Tão engraçado como existe tanta história por trás de um acessório, né? ♥ Não fazia ideia dessas coisas que você contou no post. Algumas eu não usaria, mas essa redondinha (a segunda que aparece) sim. Lembra o modelo que o blog Tudo Orna vende (ou já vendeu). =)

Beijos, Carol
www.pequenajornalista.com

vintagepri disse...

Que Bolsas lindas Gabi!!! Eu sou apaixonada por essas bolsas, mas não conhecia a história delas tão profundamente, excelente post <3

Beijos,
Pri
www.vintagepri.com.br

Camila Faria disse...

Que gracinha Gabriela, não conhecia! São quase umas caixinhas com alça, né? Lindinhas demais.

Não Me Mande Flores

.lívia. disse...

que bolsas incríveis! adorei esse modelo mais caixinha, estruturado , e conhecer mais

www.tofucolorido.com.br
www.facebook.com/blogtofucolorido

Paula Lopes disse...

Amei esse estilo de bolsa! Dá sem dúvidas vontade até de colecionar. Tenha um dia abençoado, beijos!

Blog Paisagem de Janela
paisagemdejanela.blogspot.com.br

Bruna Carolina disse...

Oi Gabi! Adorei o post, não conhecia a origem dessas bolsas e adorei saber. Me agrada muito esse design geométrico, acho bem bonito - pena o precinho salgado, né? hahaha
Beijo, Bruna S. ♥
Chanel Fake Blog

Unknown disse...

Amooooo lucite purse. Sou colecionadora a 2 anos e não compraria as repro, pois a qualidade fica anos luz da originais.
Bjs óti.a matéria poderia ter colocado fotos das bolsas Gilli.

Dona de Casa Moderna disse...

Aaaah, que coisa linda ♥

Retribuindo a visita e seguindo <3

Tem post novo aqui no Blog :)

beijos ♥
Dona de Casa Moderna

Tecnologia do Blogger.