Jesus Helguera - O homem que Pintou A Beleza Mexicana no Século 20

maio 16, 2017
Em um cenário de arte voltado para a retração da beleza feminina entre os anos 30 e 60, o grande nome exaltado pela crítica especializada da época e até os dias de hoje foi sem dúvidas o norte-americano Gil Elvgren.

Foto: Reprodução. Trabalhos de Jesus Helguera.

No entanto, outros pintores mundo a fora também dedicaram-se ao trabalho de retratar as belezas femininas de seus países e, entre eles está o mexicano Jesús Helguera.

Conheça a vida e obra desse artista que criou as suas próprias pin-ups com um toque latino-americano.

jesus helguera pinups
Pinturas retratando a beleza feminina mexicana.

Quem Foi Jésus Helguera?

Jesús Enrique Emilio de la Helguera Espinoza nasceu em 28 de maio de 1910, em Chihuahua, México. Devido à Revolução Mexicana (1910-1920), o garoto e seus pais, o economista Alvaro García Helguera e Maria Espinoza foram se refugiar na Espanha, passando primeiramente por Ciudad Real e posteriormente se estabelecendo em Madrid.

Foto: Reprodução. Helguera pintou um México valente.

Durante sua pré-adolescência frequentou colégios renomados voltados para arte, tais como a Real Academia de Belas Artes de San Fernando e a Escola Superior de Belas Artes.

jesús helguera mexican artist
Foto: Reprodução.Jesús Helguera.
Na fase jovem trabalhou como professor  em um instituto de arte em Bilbao e também ilustrou livros, revistas e quadrinhos.

Com o advento da Guerra Civil Espanhola (1936-1939) e a crise econômica na Espanha, regressou ao México e deu início a diversos trabalhos, tais como: pintura em murais, ilustrações para calendários, embalagens de produtos e entre outros.

Foto: Reprodução. A mulher no trabalho de Helguera.

 A Arte de Jésus

Embora tenha passado tempo considerável na Espanha, o México e suas tradições exerciam sobre Helguera um forte atrativo e inspiração. Suas pinturas foram influenciadas pela visão romântica da natureza mexicana e a grandeza da mesma.

Foto: Reprodução. Pintura de Jesús Helguera.

Um outro ponto muito relevante em seu trabalho é a presença de elementos astecas nas composições e a bravura do povo mexicano, que no período de 1910-1920 vivenciou o caos da Revolução Mexicana, e tal sentimento de incertezas e perseguições inspiraram em Helguera a vontade de pintar um México grande, belo e corajoso durante as décadas de 1930 e 1940.

Jesús Helguera paintings
Pinturas de Jesús Helguera com seus elementos principais.
A Mulher em Helguera

Helguera soube retratar como ninguém o arquétipo da mulher mexicana: morena, cabelos longos e escuros, olhar penetrante e enfeitada com flores e cores.

Foto: Reprodução. 

Tal estética de beleza mexicana puderam ser observadas também nos filmes Flor Silvestre (1942) e Maria Candelária (1944), ambos protagonizados por Dolores Del Río e com direção de Emilio Fernández, que assim como Jesús Helguera se apoiava na concepção de uma nova imagem do mexicano, onde os indígenas, os mestiços e os camponeses eram símbolos de pureza e da dignidade.

dolores del rio actress
Na primeira imagem Dolores Del Río em cena do filme Maria Candelária.

Inspirações Reais: Dolores Del Río e Maria Félix 

Dolores del Río e Maria Félix foram as grandes atrizes e estrelas mexicanas da primeira metade do século 20.

Dolores era de família abastada e depois de uma rápida carreira em Hollywood voltou ao México, alegando que diretores americanos não lhe davam espaço para desenvolver trabalhos maiores, muito provavelmente por ela não ser americana.

Foto: Reprodução. Dolores Del Río.

Participou de cinco filmes de Emilio Fernández, com destaque maior para María Candelária, filme ganhador do Grand Prix e também primeiro filme latino-americano a ser exibido no festival de Cannes, em 1946.

María Félix actriz
Maria Félix e Dolores Del Río.
Já Maria Félix se imortalizou no papel de Bárbara, no filme Doña Bárbara (1943) e ganhou diversos prêmios por suas atuações, sendo os seus últimos trabalhos na França. Mas a atriz além de ter feito filmes no México e França também trabalhou na Itália, Argentina e Espanha.

Foto: Reprodução. Na foto, María Félix.

Tanto Dolores como María Félix foram grandes nomes da beleza mexicana nas décadas de 30 e 40. 

Fora das telas eram glamourosas e sofisticadas, dentro das telonas interpretavam papéis que sintetizavam a beleza retratada por Jesús Helguera e pautadas na moda da mulher do campo e interior mexicano.

jesús helguera pinup latin girls
Pinturas de Jesús Helguera.

Colares de contas coloridas, flores tropicais, tranças com fitas, vestidos e saias de tecidos leves fazem parte das mulheres pintadas por Jesús Helguera, uma obra que enaltece a beleza latina e serve de inspiração para a beleza vintage do nosso continente.


Me siga no Instagram: @blondevennus 

3 comentários:

Hellz. disse...

OI MENINE, OLIA QUEM VOLTOU!

o que eu sempre digo e repito sobre seu blog, é uma verdade: você não traz apenas entretenimento. Você também enriquece a gente com esse conhecimento maravilhoso sobre épocas tão legais!
achei as pinturas belíssimas e talvez o homem contemporaneo podia se inspirar nesse modelo tão saudável de beleza, né?

beijo
www.beinghellz.com.br

Ariadne Rodrigues disse...

Gente não conhecia esse pintor, eu amo estudar alguns artistas vintage e nunca tinha visto ele. Achei lindas as pinturas.

bjus

Ari ♥
De volta ao retrô

.lívia. disse...

nunca tinha ouvido falar no artista, mas essa obras dele sao realmente maravilhosas! amei conferir a beleza mexicana da época

www.tofucolorido.com.br
www.facebook.com/blogtofucolorido

Tecnologia do Blogger.